Após ‘proibição’ de gritar ‘música do Carnaval’, Márcio Victor brica: ‘Se o povo pedir…’

Márcio Victor, uma das atrações deste sábado (3) do Festival Combina MPB, não quis ficar em casa e aproveitou o dia livre para “ver amigos” no evento. “Tava em casa sem fazer show então resolvi ajudar o pessoal aqui na produção, mas estou mais bagunçado do que ajudando”, revelou rindo o vocalista da banda Psirico que canta ao lado da banda Áttooxxá, Gaby Amarantos e Felipe Cordeiro no Palco Harmonia às 19h25 no segundo dia de Festival. O cantor aproveitou para comentar as brincadeiras sobre ele dizer que toda música do Psirico será a música do Carnaval. “As pessoas até me chamam de ‘música do Carnaval’, mas eu acho uma brincadeira gostosa”, comentou. “Diziam para a gente que uma banda do guetto e de preto não venceria com a música do Carnaval. Diziam que o ritmo da gente não prestava. De tanto que me falaram isso, se firmou essa vontade minha e no povo de ter a música do Carnaval. Até quando a nossa música não ganha, a galera sai espalhando que ganhamos”, completou Márcio Victor que está apostando em “Polpa da Bunda” ao lado do Áttooxxá para dominar o próximo verão. Ao ser questionado sobre a proibição de gritar “música do Carnaval”, ele brinca: “Se o povo pedir, eu vou junto”. 



Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-SemDerivações 4.0 Internacional

.