'Foi um ato de terror e ódio', diz Obama sobre ataque a boate gay

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez um comunicado sobre o ataque que deixou 50 mortos na boate gay de Orlando na madrugada deste domingo (12). “Sabemos o suficiente para afirmar que este foi um ato de terror e de ódio”, disse.
Ele disse que conversou com o prefeito de Orlando e lhe ofereceu condolências e ajuda. “Este é um dia triste para a comunidade LGBT”, afirmou. “O local que foi atacado era mais do que um nightclube, era um local de solidariedade e empoderamento.”



Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-SemDerivações 4.0 Internacional

.