Neto foi informado do acidente, diz médico: ‘Ficou muito emocionado’

O zagueiro Neto, que ainda se recupera em um hospital da Colômbia, foi informado nesta segunda-feira (12) do acidente com o voo que levava a delegação da Chapecoense e convidados, no último dia 29 de novembro. Na tragédia, 71 pessoas morreram e seis sobreviveram.

“Nós falamos com ele sobre o acidente, ele não sabia. Em comum acordo com a equipe médica do hospital, para que não houvesse nenhum na recuperação clínica e no estado emocional dele. junto com a psicóloga, falamos com ele hoje. No início, ele ficou muito emocionado porque não sabia, mas ele é muito forte e entendeu”, disse o médico Carlos Mendonça, ortopedista da Chapecoense, em entrevista coletiva.

“Fiquei quase duas horas com ele no quarto conversando sobre esse assunto. Ele me perguntou sobre tudo e respondi tudo pra ele. Está totalmente consciente de tudo. Isso acho que vai ser bom para a recuperação dele. Estava ficando um peso muito grande sobre a família, ele perguntava e a esposa não podia falar. Levamos até onde deu. Ele está muito bem, está tranquilo”.

O zagueiro foi o último sobrevivente a ser resgatado dos escombros. Com fratura em uma vértebra, na lombar, começou a ser retirado da ventilação mecânica na sexta-feira (9), quando começou a se comunicar com os médicos e com a família, em diálogos curtos.

Volta para o Brasil
Nesta segunda, o goleiro Jackson Follmann, que teve parte da perna direita amputada, embarcou em um avião com estrutura hospitalar para São Paulo. Nesta terça (13), está previsto o transporte de outros dois sobreviventes para Chapecó, no Oeste catarinense: o jornalista Rafael Henzel e o lateral Alan Ruschel.



Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-SemDerivações 4.0 Internacional

.