Porto Seguro: Prefeitura diz que tentará suspender decisão sobre barracas

A Prefeitura de Porto Seguro, Costa do Descobrimento, informou nesta segunda-feira (12) que já está mobilizada para tenta suspender a decisão da Justiça Federal de demolir as barracas de praia da orla norte, começando pelos complexos de lazer Axé Moi e Tôa Tôa . “A prefeitura entende os efeitos devastadores que tal medida pode causar na economia e no turismo da cidade”, afirma o texto. De acordo com o comunicado, desde que tomou conhecimento da decisão da Justiça, a Procuradoria Geral do Município seguiu para Brasília e deu entrada em um pedido de suspensão da sentença, mesmo não sendo ré na ação. Ainda de acordo com a prefeitura, a regularização das barracas de praia vem sendo debatida desde 2008 e que a atual gestão sempre se prontificou em participar da discussão, elaborando documentos como o Projeto Urbanístico e o reordenamento da orla norte. “A Prefeitura de Porto Seguro não medirá esforços e espera que juntamente com todos os envolvidos neste processo possa chegar a uma solução que beneficie todo o município”, conclui o texto.



Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-SemDerivações 4.0 Internacional

.