Bolsonaristas organizam grupos no WhatsApp para negativar vídeos e ofender Anitta

Bolsonaristas organizam grupos no WhatsApp para negativar vídeos e ofender Anitta

A cantora Anitta virou um dos principais alvos dos seguidores do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), após vídeo em que se manifesta contrário a ele. De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, uma retaliação está sendo coordenada por meio de troca de mensagens nas redes sociais e no WhatsApp para ofender e negativar os vídeos da artista.

 

Em menos de 10 dias, vídeos e propagandas feitos pela cantora e postados no YouTube passaram a receber uma “onda” de negativações (“descurtiu”), além de xingamentos nos sistemas de comentários. Apenas a mais nova propaganda que ela fez para a operadora Claro ganhou 55 mil negativações em menos de uma semana. Por causa das ofensas, o staff de Anitta desabilitou a opção de comentários para os internautas em seus canais oficiais. Confira uma das mensagens disponibilizadas pelo colunista:

 

“Galera, esta ideia partiu de outro grupo que participo… Os artistas não podem nos representar, e uma forma de calar eles (sic) a partir de agora é influenciar em suas vidas e contratos que possuem milionários… Este daqui (segue link) é um vídeo da Anitta da Claro. Fica muito claro que se a gente negativar o vídeo como foi que nos fizeram do Mito a tendência são eles perderem seus contratos com patrocinadores como este daí… Peço que repassem ao máximo para seus grupos de amigos… Vamos buscar mexer na vida deles para perceberem o que passamos. Desafio negativar geral… começando por ela.”

 

Vale lembrar (veja aqui) que Daniela Mercury também está sendo alvo dos protestos. Um vídeo feito originalmente no Instagram e posteriormente postada no Youtube, recebeu cerca de 1 milhão de deslikes. O conteúdo trata-se justamente da convocação que a baiana fez a Anitta e mulheres do Brasil para aderirem a campanha “#EleNão”.



Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-SemDerivações 4.0 Internacional

.