logo

PUBLICIDADE
Ladrões roubam 2 toneladas de cocaína de André do Rap e Anderson Gordão
22/10/2021 10:29 em Cotidiano

Os traficantes André Oliveira Macedo, de 43 anos, o André do Rap, e Anderson Lacerda Pereira, de 41, conhecido como Gordão, sofreram um prejuízo de R$ 80 milhões em agosto deste ano, ao terem 2 toneladas de cocaína roubadas em agosto deste ano. As informações são do colunista Josmar Jozino, do UOL.

Segundo o colunista, a droga estava guardada em um depósito no Guarujá, no litoral paulista, e havia sido adquirida na Colômbia. Ela seria transportada pelo porto de Santos escondida em um contêiner para a Antuérpia, na Bélgica.

Não houve registro oficial de apreensão nem de sumiço da droga, mas os traficantes envolvidos com a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), que possivelmente estão escondidos em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, estariam cobrando a dívida, de acordo com o colunista.

Dois homens tidos como traidores dos traficantes, conhecidos pelos apelidos de Índio e Marinho, estão desaparecidos. Eles teriam revelado o esconderijo das drogas a policiais corruptos.

André do Rap está foragido desde outubro de 2020, quando saiu da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, graças a um habeas corpus concedido pelo então ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello.

Já Anderson Gordão, sócio de André do Rap, tem contra ele um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara de Crimes Tributários, Organização Criminosa e Lavagem de Bens e Valores da Capital. Ele é dono de 38 clínicas médicas e odontológicas em São Paulo, e teria um patrimônio em torno de R$ 130 milhões.

COMENTÁRIOS
Nosso Instagram